Você Sabe como é fabricado o seu dinheiro?

Na Casa da Moeda do Brasil. A gente vai ver como é feito nosso rico dinheirinho e é aqui também que vão ser feitas as medalhas para 2016. A casa da moeda tem mais de trezentos anos e fica em um complexo industrial na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A empresa tem três fábricas: uma gráfica que faz passaportes, selos e outros produtos, uma fábrica de moedas e uma de cédulas. E é nessa que a gente vai primeiro. O papel que chega na casa da moeda. Já não é um papel comum. É um papel todo preparado. Se você olhasse uma folha dessas contra a luz, você já conseguiria ver as marcas d’água, que são aquelas partes mais finas e mais grossas do papel que formam uma impressão.

E esse monte de papel, que já vem colorido e com o fio magnético, vai para uma impressora offset, que funciona de um jeito parecido com uma impressora de revista. Mas uma gráfica comum costuma criar imagens criando só quatro cores. Aqui as notas chegam a ter vinte e sete cores diferentes, e a impressão acontece dos dois lados do papel ao mesmo tempo. É nessas máquinas que são colocadas no papel as tintas invisíveis, que só aparecem com luz ultravioleta E aquelas micro-impressões que a gente só consegue entender usando uma lupa.

Quando termina a impressão, as cédulas vão para uma checagem visual. É um time de mulheres bem preparadas que conseguem enxergar defeitos de impressão muito pequenininhos. Só depois desse pente fino é que as notas recebem a numeração, que é uma espécie de RG. E é essa numeração que vai garantir o controle e a segurança das cédulas. Aí, finalmente as notas vão se desgrudar. Primeiro uma guilhotina tira a borda do papel, e depois as notas vão sendo separadas e embaladas ao mesmo tempo.

No caso das notas de cem, elas são organizadas em pacotinhos de dez mil reais e depois embaladas num pacote de cem mil reais que vai para dentro de uma caixa. Se você ganhasse no Show do Milhão, era mais ou menos um pacote desse aqui que você levaria para casa. Isso aqui tem um milhão e seiscentos mil reais em cédulas de cem reais. Já estão todas numeradas, empacotadas e prontinhas para serem mandadas lá para o Banco Central.

Acabamos de ver como são feitas as cédulas, Boravê como são feitas as moedas. (música animada) O que chega para fazer a moeda são pedacinhos de metal. Este daqui você deve ter imaginado, é da moeda de um real. É um núcleo de aço inóx e na parte externa tem aço inóx com uma cobertura de bronze. Isso aqui está completamente nu. Não tem nada impresso ainda. Ele vai entrar por essa máquina, e lá dentro vai acontecer a cunhagem, uma espécie de um carimbo que vai bater muito forte em cima disso daqui. Dentro da máquina, o que imprime as moedas são essas três peças.

Dois carimbos que se chamam cunho, e uma virola, que é essa rodela de metal. Cada cunho tem um lado da moeda, um para Cara e outro para Coroa. E a virola serve para marcar as bordas e para a moeda ficar do tamanho certinho. Aqui você pode ver que já estão sendo produzidas as moedas com os temas esportivos.

Quando os discos de metal entram na máquina, eles ficam com os cunhos em baixo e em cima e a virola em volta. Aí uma prensa de setenta e cinco toneladas faz o metal amassar e se encaixar no cunho e na virola. E é assim que uma chapinha de metal se transforma numa moeda. Dá só uma olhada no que sai da máquina que cunha as moedas! Elas estão quentinhas porque elas acabaram de ser prensadas. (barulho de moedas caindo)

Gostou da dica? Compartilhe!

Cadastre-se e receba nossas informações!
Loading